Mergulhe de cabeça!

Vejo muita gente reclamar que seus relacionamentos não dão certo. Nunca encontram a pessoa certa, o fulano era uma pessoa difícil ou nunca é hora de se relacionar de verdade. O que eu posso dizer sobre isso? Não seja covarde!

Não estou dizendo que toda aquela pessoa que você sente alguma atração deve ser encarada como o amor da sua vida. Mas se alguém abrir o coração para você, abra o seu também e se jogue de cabeça, mergulhe fundo. Doe-se, acredite no amor e na paixão, curta ao máximo os sentimentos que você tem. Sugue ao máximo os momentos felizes e entorpecidos, inebriados na paixão que alguém lhe propicia.

Nestes termos podemos comparar a construção de um relacionamento com a contrução de uma casa. A pessoa que começa a se relacionar com você lhe doa um terreno e é sua obrigação construir algo nele. Se ficares com medo de construir alguma coisa porque algum dia podem te pedir o terreno de volta, ficarás sem um lugar para morar por muito mais tempo.

Então receba esse presente de bom grado, comece a construir agora mesmo e não construa pouco! Tenha como objetivo construir uma mansão, um castelo ou quem sabe um mundo só seu. Confie, esforce-se, faça tudo pra que dê certo, para que seja tudo do bom e do melhor, afinal quem vai utilzar essa construção será você mesmo.

Não se preocupe se um dia um desastre natural levar seus anos de esforços por água abaixo. Se isso acontecer guarde as boas lembranças que você teve daquele lugar, utilize a experiência de já ter construido uma vez para construir de novo, mesmo que seja em um outro lugar e dê graças a Deus por estar vivo. Porque se você sente a dor da perda, quer dizer que você é um ser vivo e tem sentimentos, então agradeça por isso.

Se tiver medo de construir alguma coisa para aninhar seu coração, nunca esqueça que é melhor estar em uma casinha de sapê do que na chuva. Não espere mais, comece agora mesmo a olhar os possiveis locais de construção e leve as mãos e coração à obra.

Régis Rodrigues

Sobre Regis Rodrigues

Escritor, Empreendedor Digital e Otimista de carteirinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *